Edições com arte

textoetextura

A proposta editorial da Texto & Textura inspira-se na bibliofilia.

Um livro será tanto mais raro quanto mais singular. Aspectos como conteúdo e forma, peculiaridade histórica e contingencial, vinculação existencial a pessoas e episódios ímpares, tornam rara uma obra e agregam-lhe um valor que supera em muito o mero custo dos materiais que a compõem.

Nossos livros têm, de certa forma, um pouco disso. Não que julguemos serem raras as nossas publicações, mas elas são preparadas como se o fossem, uma a uma.

Identificamo-nos muito com o que relata Umberto Eco em Não contem com o fim do livro:

“Em Roma, por exemplo, existiam, ao lado das bibliotecas, lojas onde livros eram vendidos sob a forma de rolos. Um aficionado encomendava ao livreiro, digamos, um exemplar de Virgílio. O livreiro pedia-lhe para voltar e passar dentro de 15 dias que o livro seria copiado especialmente para ele. Talvez tivesse em estoque alguns exemplares das obras mais pedidas. Temos ideias muito imprecisas sobre a compra dos livros, e isto até mesmo depois da invenção da tipografia. Aliás, os primeiros livros impressos não eram comprados encadernados. E a variedade das encadernações dos livros que colecionamos é uma das razões que explicam a felicidade que podemos extrair da bibliofilia. Essa encadernação pode fazer uma diferença considerável entre dois exemplares do mesmo livro, tanto para o colecionador quanto para o antiquário. Foi entre os séculos XVII e XVIII, acho, que surgiram as primeiras obras vendidas já encadernadas.” (ECO, Umberto; CARRIÈRE, Jean-Claude. Não contem com o fim do livro.  Rio de Janeiro: Record, 2010. p. 103).

Esses princípios reafirmam a supremacia da qualidade sobre a quantidade, e a integração plena entre a forma e o conteúco, a técnica e a arte, a ciência e a sapiência.

Não menos importante para nós é a responsabilidade para com o meio-ambiente. Por essa razão, todos os trabalhos da Texto & Textura são realizados observando-se rigorosos princípios de preservação do meio ambiente, economia de energia e utilização de matérias certificados de fontes renováveis.